ETAPAS DE UMA PAQUERA: 3- Regar a terra e esperar as sementes brotarem

clip_image001

Nunca imaginei que conseguiria esperar uma semana apenas para enviar uma mensagem via SMS! Pois é, esta é a etapa em que dependo de um retorno para continuar e quando ele não vem, não posso desesperar e agir por impulso, tenho que realmente “esperar as sementes brotarem”…

O que fazer com minha ansiedade? Tenho que aprender a esperar e pronto. Fácil? De jeito nenhum.

Não sei o que de fato está acontecendo, comecei a pensar nele?! Era só o que me faltava… Aposto que ele nem sabe direito que existo, tenho que lembrar sobre este “detalhe” quando envio mensagem! Bem, enviei a mensagem e, claro, fiquei o dia inteiro sem resposta. Ela só veio no final da tarde! Na empolgação enviei uma outra mensagem e NADA! Agora sim ele voltou ao “normal”, ou seja, nem respondeu.

Tudo bem, ainda vou esperar. Qualquer novidade, escrevo!

Um grande beijo,

clip_image003    Melancia

Anúncios

ETAPAS DE UMA PAQUERA: 2- Plantar sementes

clip_image002 Noooooooooosssssssa! Consegui esperar até a próxima vez de nos vermos. Como primeira etapa “adubar a terra”, não podia seguir com a segunda etapa sem saber como ele reagiria: se seria indiferente ou se daria sinais…

Pois é, chegou o grande dia! Esperei. Esperei de novo. Esperei mais uma vez. De repente, ele apareceu e para minha surpresa sorriu e iniciou uma breve conversa. Na hora pensei nas sementinhas que deveria plantar!

Minha cabeça começou a pensar em tantas possibilidades que até doeu! Iniciamos a breve conversa com banalidades e óbvio, com algumas perguntinhas para tentar descobrir alguma coisa sobre ele.

Até parece que consegui… mas valeu! Ele foi receptivo e isso é o que importa. Droga, comecei a pensar nele fora do período pré-estabelecido… isso não estava nos planos! Tudo bem, é apenas euforia para seguir em outra etapa…

Etapa 03: Regar a terra e esperar as sementes brotarem.

Um grande beijo,

clip_image004    Melancia

ETAPAS DE UMA PAQUERA: 1- Adubar a terra

clip_image001

Ufa!!!!!!!! Achei um “carinha”, não achei ele… bonito?! mas também não prestei muita atenção nisso. Será ele e ponto final, sabem por quê?

Cansei de encontrar gente casada, noiva, compromissada… homens tão descarados ou não encanados ou que vocês quiserem achar… que não estão “nem aí” sobre isto: tenho que contar um fato, um deles chegou a tirar rapidamente a aliança da mão esquerda (EU VI, tonto!!!) e veio conversar, claro que do jeito que sou a PRIMEIRA coisa que comentei foi sobre a retirada da aliança. Ele disse três pérolas que tenho que dividir com vocês:

1) Coloco a aliança para parecer mais atraente para as mulheres (?!); não sou casado de verdade (?!). Ao comentar mais uma ou duas coisinhas, ele confirmou ser casado e acabou soltando outra pérola:

2) Você é ciumenta? Eu não sou e espero que não seja (?!). Será que a mulher dele sabe disso e também não é ciumenta? (ah, tá…). Ao comentar outra coisa (tudo bem, confesso que insisti na conversa para ver até onde iria a cara de pau do cara!), sobre o amor que sentia por sua mulher ou porque ele fazia aquilo, veio a última pérola:

3) Saio com outras mulheres para “reforçar” o amor que sinto pela minha! (??????!!!!!) Será que a mulher dele sabe disso? Que amor é esse que precisa toda hora ser “reforçado”?

PERDI muita coisa longe deste mundo nestes mais de 20 anos!!! Eu não quero ninguém assim, claro que este é um motivo para nem conhecer a pessoa que diria ficar! Cada um é único, não julgo quem faz isso ou aquilo, mas para mim, não serve, não é correto.

Quando disse que será ele e pronto, é porque foi o único SOLTEIRO, sem penduricalhos e enroscos que encontrei. Putz, não sei por onde começar! (já sei, vocês devem estar dizendo… do começo, horas bolas!)

Como não sei ser moderna como a maioria que observo, vou tentar do meu jeito tradicionalista…pode parecer demodê, mas será verdadeiro, estarei sendo sincera em pensamentos, sentimentos e atitudes!

Vamos lá:

* Plantar sementes: preciso ter um canal de comunicação, uma forma de dizer olha eu aqui! Então, fiz uma coisinha…dei um jeitinho de “pegar” o telefone dele. Fiquei com o número por dois dias (até que foi muito!) e pimba, passei a primeira mensagem SMS! Adivinhem o que ele respondeu? – Quem é?

E eu? Já fiquei doidinha…como ele não sabe quem sou? snifsnif… Também, nos vimos acho que umas quatro vezes apenas…

Insisti, passei novamente um SMS me identificando, inclusive com o lugar onde ele me viu. Tá bom, achei que o rapaz, como todo o “resto compromissado e descarado” já fosse me convidar para sair, me pegar no colo… Não respondeu mais nada.

Tá bom. Vou desistir. Mesmo solteiro não significa que queira ficar comigo, além de que ele pode até ser gay e eu não saber!

Tá bom. Ainda é cedo para tirar o time de campo: passei algumas mensagens no mês de agosto…mas ainda nada! Agora em setembro, passei uma única mensagem e desta vez, ele…respondeu quase imediatamente! Claro que não agüentei e passei outra mensagem e ele… respondeu de novo! Não acreditei, ele nunca respondeu desta maneira, quis dizer rápido ou mesmo só responder. Eufórica, passei uma nova mensagem convidando ele para almoçar (achei melhor fazer alguma coisa de dia do que a noite e caracterizar um encontro ou dar na cara o desespero ou algo do gênero) e ele… respondeu de novo!

Mas, com um singelo obrigado!, dizendo apenas que não poderia etc. e tal. Peguei o celular e comecei a escrever várias coisas, nenhuma simpática! Parei, respirei, apaguei tudo e escrevi novamente, uma mensagem meiga, muito meiga, um já entendi, fica para próxima e etc., com um beijo na seqüência e tudo!

Pelo menos as sementes foram plantadas.

Vejo ele de uma a duas vezes por mês. Esta será uma forma de eu ter que aprimorar minha paciência, neste caso…ADQUIRIR e depois aprimorar…

Na próxima semana acho que nos encontraremos, desta forma irei sentir até onde consegui caminhar e pensar na outra etapa.

Um grande beijo,

clip_image003   Melancia